Ana Simão na Ginestal
 21 fevereiro 2017


Porque eu sou do tamanho do que vejo
E não, do tamanho da minha altura...
                                                           Alberto Caeiro



Ossos de cristal é a feliz designação para a doença com o feio nome de Osteogénese Imperfeita, que afeta uma em cada quinze mil crianças. 


Foi o caso de Ana Simão, autora do livro “A menina dos ossos de cristal”, que esteve no auditório da Escola Secundária Dr. Ginestal Machado para apresentar o seu livro a uma plateia composta maioritariamente por alunos dos cursos profissionais, especificamente o 10º M/N e o 11º J/L, bem assim como alguns alunos com necessidades educativas especiais, alguns professores e o Diretor do Agrupamento.


Com a sua história de vida, marcada por uma luta constante contra as adversidades provocadas pela doença com que nasceu, a autora captou a atenção e o interesse de toda a plateia ao longo de mais de uma hora. Foram várias as questões colocadas pelos alunos, sensibilizados com a luta dura e constante travada pela autora ao longo de toda a sua vida para superar as dificuldades resultantes da doença, da ignorância e do preconceito, às quais respondeu sempre com um sorriso nos lábios. O sorriso, disse Ana Simão, que nos deve acompanhar ao longo da vida.


E porque na Ginestal gostamos de retribuir, foram quatro os poemas que o Pedro, a Adriana, a Carolina e a Patrícia partilharam com a escritora. Poemas que realçavam a força de vontade, o empenho, a persistência e o gosto de viver.




No final, houve ainda tempo para a habitual sessão de autógrafos e o contacto mais próximo entre a autora e os alunos.







ENCONTRO COM A ESCRITORA ANA CRISTINA SIMÃO



Ana Simão é a autora do livro “A Menina dos Ossos de Cristal” que faz parte do Plano Nacional de Leitura (LER +) recomendado para o ensino secundário e formação de adultos. É a primeira vez que um livro sobre a temática da deficiência chega ao PNL.

 A autora estará presente na Escola Secundária Dr. Ginestal Machado no próximo dia 21 de fevereiro para uma sessão de apresentações/debate com os jovens sobre a problemática da deficiência, exclusão/integração social, motivação, cidadania ativa, voluntariado e promoção de uma cultura solidária e de entreajuda.
DIA DE S.VALENTIM 


A biblioteca assinala a data com uma seleção de livros onde predominam o AMOR, a AMIZADE, os AFETOS em geral. Dá uma prenda a ti próprio(a) neste dia:


ESCOLHE UM LIVRO!




Com intenção de incentivar o gosto pela leitura e pela escrita de poesia e no âmbito das comemorações do Dia Mundial da Poesia, o Plano Nacional de Leitura, PNL, e a Fundação Centro Cultural de Belém, CCB, convidam todas as escolas do país, públicas e privadas, a participar no Concurso FAÇA LÁ UM POEMA, FLP, que decorrerá entre Dezembro de 2016 e Março de 2017. O regulamento encontra-se na página "Concursos".



PALAVRAS EM MOVIMENTO
“Feliz Natal lobo mau”



Cumprindo  a tradição, os meninos e meninas do pré-escolar do JI do Sacapeito e da EB do Sacapeito deslocaram-se à Escola Secundária Dr. Ginestal Machado para comemorar a quadra natalícia assistindo à leitura dramatizada do livro "Feliz Natal lobo mau".

 

A vinda das crianças dos jardins de infância do Agrupamento é sempre motivo de grande animação e satisfação, quer para as crianças quer para todos aqueles que os recebem na escola secundária.


Depois de uma esforçada subida de cinco lanços de escada, o auditório encheu-se de cor, expectativa e sorrisos à sua espera estavam as educadoras Filomena Lopes, Carmina Santos e Teresa Guedes, ou antes, o Coelhinho Branco, o Lobo Mau e o Pai Natal.

A bela dramatização preparada pelas educadoras, com muita improvisação à mistura, arrancou muitos sorrisos, gargalhadas e aplausos de todos os presentes. 



Uma vez concluída a história, foi tempo de distribuir entre todos os meninos e meninas uma lembrança simbólica para pendurarem na Árvore de Natal: um sapato de duende preparado com muito empenho e carinho por todos os colaboradores da biblioteca!


Por fim, depois de algumas canções de Natal, foi a vez de os meninos e meninas do pré-escolar entregarem uma prenda às educadoras Filomena, Carmina e Teresa como forma de agradecimento por uma manhã tão bem passada.



Como habitualmente, o diretor do Agrupamento, Dr. Manuel Lourenço, não  deixou passar a oportunidade de estar presente e compartilhar a alegria desta quadra.

Um Feliz Natal para todos. Até para o lobo mau!
"ÁRVORES DE NATAL"

 



Como é hábito, costume e tradição, a biblioteca escolar já inaugurou as suas "Árvores de Natal". Momento solene que contou com a presença do professor bibliotecário e a sua máquina fotográfica. Recicladamente original, desengane-se quem pense que sofre de dupla visão: são mesmo duas árvores de Natal feitas com tiras dos jornais que diariamente nos trazem notícias dos quatro cantos do mundo, mesmo sendo este redondo! Todos os créditos para a professora Maria Antónia, a assistente operacional Cláudia Carvalho e a aluna Sirila Sanches, que pensaram e executaram esta original ideia com tanto empenho e carinho!




INQUÉRITO AOS HÁBITOS DESPORTIVOS DA POPULAÇÃO ESCOLAR PORTUGUESA



A Direção-Geral da Educação e a Direção-Geral de Estatísticas da Educação e Ciência estão a promover um estudo de caracterização das condições de procura e de oferta da Educação Física, atividade física e do desporto junto da população escolar portuguesa, com o intuito de desenhar políticas integradas de educação e desporto que melhor respondam aos interesses e necessidades das crianças e jovens, das escolas, das famílias e das organizações desportivas. 



O Agrupamento de Escolas Dr. Ginestal Machado foi aleatoriamente selecionado para a amostra do estudo, estando a ser respondido, na Biblioteca Escolar, um inquérito eletrónico pelos alunos das turmas 8ºE, 9ºD, 11ºJ/L, 10ºA, 10ºE, 11ºG, 12ºA e 12ºB. 








CONFERÊNCIA SOBRE MODERNISMO



Teve lugar ontem, dia 22 de novembro, no auditório da ES Dr. Ginestal Machado, entre as 10:15h e as 11:45h, uma conferência sobre modernismo. O conferencista foi o professor Mário Tropa e a sessão destinou-se aos alunos do 12º ano dos cursos de Artes.


 O diretor do Agrupamento de Escolas Dr. Ginestal Machado, professor Manuel Lourenço, também marcou presença, desta vez acompanhado pela sub-diretora, professora Maria da Conceição Anjos.






 Na conferência, o professor Mário Tropa deu a conhecer as principais características e os autores mais representativos do movimento Modernista em Portugal, tendo confidenciado que, ele próprio, conviveu com Almada Negreiros nos anos 60/70 do século passado, altura em que frequentou a Escola de Belas Artes em Lisboa no âmbito da sua formação académica.





Foi uma sessão muito dinâmica, brilhantemente conduzida pelo professor Mário Tropa, que foi do agrado de todos os participantes.