A Equipa da Biblioteca Escolar deseja a toda a Comunidade Educativa, do Agrupamento Dr. Ginestal Machado, um
 FELIZ NATAL.

NOVAS AQUISIÇÕES

Chegaram à Biblioteca da nossa escola novos livros para jovens e graúdos.
Vem conhecê-los!
                                 



 

Concurso Nacional Leitura - 1.ª Fase


LIVROS ESCOLHIDOS
 
Ensino Básico




Apenas o conto "O Tesouro"


 
ENSINO SECUNDÁRIO
 
 




Formação de utilizadores

De 30 de outubro a 8 de novembro, no âmbito do mês Internacional das Bibliotecas Escolares, as turmas dos 7.º, 10.º anos e crianças do Jardim de Infância do Sacapeito, acompanhadas pelos seus professores e educadoras, visitaram a nossa Biblioteca.
Com esta visita pretendeu-se que os alunos e as crianças ficassem   a conhecer os procedimentos a seguir para a utilização do espaço.
 
 
Ficamos à vossa espera!
 
RESULTADOS DO CONCURSO
"A VISITA DO LIVRO"


Vencedores
               1.º Prémio - Joana Andreia Lucas Ferrão
               2.º Prémio - Beatriz Matias Ferreira Corceiro
               3.º Prémio - Maria Luisa Mesquita Branquinho dos Santos
RESUTADOS DO CONCURSO
"BIBLIOPAPER"


Vencedores

1.º Prémio    - 9.º D
Ana Catarina  Lucas
Raquel Januário
Bernardo Silva
João Figueiras
Tomás Lemos

2.º Prémio - 8.º F
Diva Gonçalves
Joana Arsénio
Mariana Ferreira
Ana Bernardino
Mariana Silva

3.º Prémio - 8.º E
Beatriz Sousa
Catarina Borgas
Mariana Vieira
Mariana Ruivo
Nuno Casqueiro

                       
RESULTADOS DO CONCURSO
"A FRASE CERTA"
 VENCEDORES
João Filipe Quintas Madeira
Maria do Carmo Neves Caetano Pinto
Mariana da Silva Carreira
Rita Maria Duarte Samartinho
Nuno Miguel Gonzalez Gomes



Dia Mundial do livro e dos direitos de autor

A nossa Biblioteca  assinalou o Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor com um momento de poesia. Este evento contou com a presença de Vicente Batalha e dos alunos dos 8.º D, 8.º E, 10.º A,10.º C e 11.º B acompanhdos dos respetivos professores. Neste encontro foram entregues, aos alunos, os diplomas de participação no concurso "Faça Lá um Poema",  promovido pelo Plano Nacional de Leitura.

Concurso Nacional de Leitura 2012 - 2.ª Fase

Participação da escola na 6.ª edição do Concurso Nacional de Leitura 2012-2.ª Fase.
A Biblioteca Municipal Ruy Gomes da Silva, na Chamusca foi a organizadora. Este evento decorreu no Cine Teatro, no dia 18 de Abril, pelas 13 horas. Os nossos alunos conseguiram alcançar os dois primeiros lugares.
1.º Lugar - Ensino Básico - Mariana Ferreira do 8.º F
1.º Lugar - Ensino Secundário - João Filipe Madeira do 10.ºA
PARABENS POR ESTA EXCELENTE PARTICIPAÇÃO!

Escritora do Mês - abril


HELENA MARQUES

     Escritora e jornalista portuguesa, de nome completo Helena Maria Pereira Gonçalves Marques, nasceu a 17 de maio de 1935, em Carcavelos.
Partiu ainda criança para a Madeira, de onde os seus pais eram originários, e, aí, frequentou o curso de Língua e Literatura Inglesa do departamento de Línguas da Academia de Música e Belas-Artes. Foi também nesta ilha que, em 1957, iniciou a sua carreira de jornalista, tendo a sua dedicação à profissão sido merecedora, alguns anos mais tarde, em 1986, do Prémio Jornalista do Ano da revista Mulheres. Na Madeira exerceu ainda a função de professora do ensino secundário particular.
Fixou-se em Lisboa, a partir de 1971, onde continuou a excercer a atividade de jornalista, trabalhando sucessivamente em A Capital, Jornal do Comércio, República, A Luta, e integrando os quadros do Diário de Notícias em 1978, jornal onde desempenhou, entre 1986 e 1992, a função de diretora adjunta. Fez parte da direção da Casa da Imprensa e do Sindicato dos Jornalistas. O seu primeiro romance, O Último Cais, recebeu várias distinções: Prémio Revista Ler/Círculo de Leitores, Grande Prémio do Romance e da Novela da Associação Portuguesa de Escritores e prémio Bordalo de l
iteratura da Casa da Imprensa.
A sua obra encontra-se traduzida em alemão, italiano, castelhano, grego, romeno e búlgaro.
É também autora das obras:

Último Cais (1992)
A Deusa Sentada (1994)
Terceiras Pessoas (1998)
Os Íbis Vermelhos da Guiana (2002)

Bibliopaper

Durante a semana da leitura realizou-se a atividade "BIBLIOPAPER" que teve como objetivos:
incrementar o conhecimento de autores e obras;
estimular o prazer de ler e escrever;
promover a formação de utilizadores.





Encontro com uma escritora


Hoje, dia 13 de março, esteve na escola a escritora Maria João Lopo de Carvalho que encantou os alunos com a sua presença e com a riqueza literária da sua obra.
Marcaram presença os alunos dos 7.ºs anos e o 11.º H acompanhados dos respectivos professores.



TOP LEITOR

Aluna: Vera Fernandes - Turma 11.ºD
Professor: Fernando Rafael
Funcionária: Marta Ferreira

Novidades na Biblioteca



A Escrava de Córdova segue a vida de Ouroana, uma jovem cristã em demanda pela liberdade e pelo seu lugar especial no mundo. Confrontada com as adversidades do tempo em que lhe foi concedido viver, e em nome do coração, a jovem terá de questionar a educação, as convicções e a fé que sempre orientaram a sua existência. Será, por entre a efervescência das mesquitas e o recato das igrejas granÌticas da sua terra, que a revelação por que tanto almeja a iluminará.

William Kamkwamba nasceu no Malawi, onde vivia na mais absoluta pobreza e, aos 13 anos, teve de abandonar a escola por falta de meios. Mas isso não refreou o seu optimismo nem a sua vontade de aprender e, graças a uma biblioteca escolar, continuou a acompanhar as matérias escolares. Um dia descobriu um livro que mudaria por completo a sua vida e que explicava o funcionamento dos moinhos de vento. Utilizando materiais improvisados, muitas vezes recolhidos em sucatas, William conseguiu montar dois moinhos de vento e, assim, fornecer energia eléctrica e água à sua pequena comunidade. O seu feito tornou-se notícia em todo o mundo e é contado neste livro cativante, que retrata os problemas que afligem o continente africano e sugere que as melhores soluções não partem necessariamente da ajuda dos países ricos.



 A vida de José Branco mudou no dia em que entrou naquela aldeia perdida no coração de África e se deparou com o terrível segredo. O médico tinha ido viver na década de 1960 para Moçambique, onde, confrontado com inúmeros problemas sanitários, teve uma ideia revolucionária: criar o Serviço Médico Aéreo.
No seu pequeno avião, José cruza diariamente um vasto território para levar ajuda aos recantos mais longínquos da província. O seu trabalho depressa atrai as atenções e o médico que chega do céu vestido de branco transforma-se numa lenda no mato.
Chamam-lhe o Anjo Branco.
Mas a guerra colonial rebenta e um dia, no decurso de mais uma missão sanitária, José cruza-se com aquele que se vai tornar o mais aterrador segredo de Portugal no Ultramar.

Escritor do mês - BERNARDO SANTARENO

Bernardo Santareno nasceu em 1920, em Santarém, no Ribatejo filho de Maria Ventura Lavareda e de Joaquim Martinho do Rosário. Estudou no Liceu Nacional de Sá da Bandeira até 1939, em Santarém, após o que frequentou os cursos preparatórios para a Faculdade de Medicina, na Universidade de Lisboa. Em 1945 transferiu-se para a Universidade de Coimbraa, onde se licenciou em medicina psiquiátrica.
Em 1957 e 1958, a bordo dos navios David Melgueiro, Senhora do Mar e do navio-hospital Gil Eanes, acompanhou as campanhas de pesca do bacalhau como médico. A sua experiência no mar serviria de inspiração a muitas das suas obras, como O Lugre, A Promessa e o volume de narrativas Nos Mares do Fim do Mundo.
Intelectual de esquerda, teve várias vezes problemas com o regime salazarista, tendo a sua peça A Promessa sido retirada de cena após a estreia por pressão da Igreja Católica. Depois da revolução de 1974 milita activamente no partido MDP/CDE e no Movimento Unitário dos Trabalhadores Intelectuais.
Foi distinguido por três vezes com o Prémio Imprensa.
BIBLIOGRAFIA
Poesia
A Morte na Raiz (1954)
Romances do Mar (1955
Os Olhos da Víbora (1957)
Teatro
A Promessa (1957)
O Bailarino e a Excomungada (1957)
O Lugre (1959)
O Crime da Aldeia Velha (1959)
António Marinheiro ou o Édipo de Alfama (1960)
Os Anjos e o Sangue (1961)
O Duelo (1961)
O Pecado de João Agonia (1961)
Anunciação (1962)
O Judeu (1966)
O Inferno (1967)
A Traição do Padre Martinho (1969)
Português, Escritor, 45 Anos de Idade (1974)
Os Marginais e a Revolução (“Restos”, “A Confissão”, “Monsanto”, “Vida Breve em Três Fotografias”) (1979)O Punho (publicado postumamente em 1987)
WIKIPEDIA [site oficial em linha] [Consult. 2012-02-09].
Disponível em: http://pt.wikipedia.org/wiki/Bernardo_Santareno


No passado dia 7 de Fevereiro esteve na nossa escola o Presidente do Instituto Bernardo Santareno que nos presenteou com uma excelente palestra sobre a  vida e  obra do grande dramaturgo  Bernardo Santareno. Estiveram presentes as turmas do 10.º C , 11.º D, 11.º A  e 8.º C  acompanhados dos respetivos professores.  

VAMOS CANTAR AS JANEIRAS


Já chegou um Novo Ano
Janeiras vamos cantar 
Escola Ginestal Machado
Todos quer agraciar

Alunos bem comportados
Boas Novas queremos dar
Aos travessos e arrevesos
Juízo até mais dar!

Refrão
Venham depressa assistir
Está um frio de rachar!
Vinde de lá ouvir,
Janeiras, vamos cantar!

Para as senhoras do bar
Que não queremos esquecer
Um bom ano desejar
P’rá fila desaparecer

A todos os professores
Bom Ano e complacência!
Trabalho tão meritório
Que a Virgem vos dê paciência!

Terminamos sem esquecer
A Direção escolar!
 Bom Ano e muito saber
 Nobre missão continuar!

Já chegou um Novo Ano
Com as Janeiras a cantar
Escola Ginestal Machado
Todos quis agraciar